sábado, 4 de janeiro de 2014

prefiro a poesia que
ao invés de rima
é vida
a sofrida poesia (vida?)
rasga o papel
e é queimada
sempre que a depressão passa e se arruma o quarto
prefiro a poesia guardada,
a poesia indireta
do que a planejada
a estudada
a escrita pra ganhar
concursos e likes

só é poesia quando lava a alma
quando o papel absorve cada pecado
desejo
anseio
e fome

a poesia foge do espetáculo
do exibicionismo e das palmas
é poesia
quando
individualmente
salva

é para o outro
no livro, no vídeo, na tela
na medida em que o outro
também é poeta

2 comentários:

  1. Pergunto-me se mais alguém saberia descrever o real sentido da verdadeira poesia, e o melhor de tudo, escrevê-la em versos, o poema dentro do poema. A poesia vive nas tuas palavras meu caro poeta, e é maravilhoso poder desfrutar da sua obra.

    ResponderExcluir