domingo, 28 de agosto de 2011

Sonho em soneto


Ah! Pobre criança,
Chegou à hora de desistir
Guarde apenas na lembrança
O que tanto já te fez sorrir

Esconda dela teu sentimento
Não incomode ninguém por não te amar
Mas mostre ao mundo teu lamento
Para que ele também desista de sonhar

Oh, anjo caído,
Não chore, não fique assim
É só outro amor não correspondido

Ainda encontrarás um anjo, que não te fará chorar
Que te dirá que sim
E se entregará por te amar

3 comentários:

  1. Que lindo Thiago! Quanto sentimento!!! Você escreve tão bem, escreve com a alma, com o coração... Parabéns!!!


    Beijinhos, :*
    www.primeiro-livro.com

    ResponderExcluir
  2. Este comentário foi removido por um administrador do blog.

    ResponderExcluir
  3. Ai que vontade de chorar!!! poxa, faz isso comigo não...


    Muito lindo, vou compartilhar em todas as redes!

    sempreumalouca.blogspot.com

    ResponderExcluir